quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Parto do princípio


Muito se discute, comenta, briga, aumenta, reclama quando o assunto é "parto".
Qual o melhor: normal, humanizado, cesárea, em casa?

E nessas discussões todas é um tal de: o certo é assim ou assado, porque o melhor é isso ou aquilo, faça do meu jeito que eu sei exatamente o que é melhor, blá blá blá...

Em cada grupo ou blog que eu entro vejo as mais diversas opiniões sobre qual a melhor forma de parir, com mulheres exaltadas, defendendo seu modo de pensar como as únicas certezas do universo. Chatice!

Quer saber o que eu acho sobre esse assunto?
Cada parto é um parto e só a mulher tem o DIREITO de escolher e decidir como quer fazê-lo ou seu médico, no caso de risco para mãe e bebê. Ponto final.

Se eu prefiro um parto natural é porque acredito que será o melhor para mim e meu filho. Tive o Francisco de parto normal e pretendo também ter a Ana Clara dessa forma. Mas não julgo e nem aponto o dedo para as mulheres que preferem a cesárea porque acredito que ninguém tem nada a ver com isso, o corpo é dela, o filho é dela, o momento é dela e só ELA pode decidir o que é melhor para si.

Acho um saco quando as pessoas se julgam superiores por fazer assim ou assado. Se por acaso for preciso, eu farei cesárea também. Se a medicina avançou de forma a ajudar as mulheres nessa hora, que ótimo! Bora lá aproveitar e fazer uso desses avanços.

Quando nasci (e nasci de cesárea porque minha mãe não tinha dilatação) nem ultrassonografia era feita e a mulher só sabia o sexo do bebê quando este vinha ao mundo. Hoje podemos identificar uma possível anomalia, tratar problemas graves ainda no útero e coisas desse tipo graças aos avanços da ciência. E porque ainda vivemos na idade da pedra julgando mulheres que optam pela cirurgia no nascimento de seus filhotes? É totalmente irracional dizer que uma mulher é menos mãe por parir via cesariana (sim, já ouvi algumas mulheres dizendo isso).

O certo mesmo é o que você sente como certo, seja parto normal, humanizado, cesárea ou em casa, tanto faz. É um momento só seu e só a você cabe decidir o que é melhor nessa hora. Queria eu ter coragem para ter minha filha em casa, mas ainda não cheguei nesse nível.

E você, o que acha sobre o assunto?
bjinhos,

Ale


3 comentários:

Andressa disse...

Também não curto gente que se acha melhor porque fez ou deixou de fazer tal parto ou porque amamentou ou não e todos esses blá blá blás cybernéticos, mas acho válido a gente tentar passar a informação se sabemos dela.

O que eu vejo acontecer é muita mãe mal informada, que confia cegamente no médico e deixa o sonho do parto normal ir por água abaixo, a gente sabe que a maioria dos médicos (hospitais particulares)vão te influenciar a fazer uma cesárea e inventar doença onde não tem pra isso!! E o hospital público vai te fazer ter um parto tão Anormal que te fará marcar a cesárea na próxima gravidez. Então vejo com muito bons olhos as mulheres que lutam por esses pontos que citei.
Agora se a mulher está bem informada, sabe os prós e contras dos dois partos e opta por X ou Y, ótimo, perfeito! Não tem porque julgar, escolha é escolha!

Amei o tema!
Um beijão,
Andressa

www.entrefotosebeijos.blogspot.com.br
www.facebook.com/entrefotosebeijos

Marília disse...

Oi Alessandra, tudo bem?
Sempre tive vontade de falar sobre esse assunto, tenho muitas dúvidas, vivo pesquisando, mas por enquanto quero que meu parto seja normal. Nunca se sabe, mas o que for melhor pra mim e pra minha filha é o que vou seguir. Gostei muito do post, me acalmou. rs
Adorei o blog, vou estar sempre por aqui. Beijos! :*

Francine B. disse...

Quando vejo alguém exaltada e dona da verdade tbém acho chato, deselegante e desrespeitoso. Mas, a verdade é que a maioria das vezes eu vejo as mulheres q fizeram cesariana agindo assim. Sério, embora eu tenha feito cesariana eu não me sinto ofendida com quem fala que esse não é um tipo de parto, porque acredito mesmo que não seja. Consigo aceitar que realmente eu não tenha feito a melhor escolha, diante de todas as evidencias que tenho hj. Mas, não fico me lamentando por isso tbém. E acredito ainda que essas mães que fizeram normal, e humanizado estão prestando um ótimo serviço as mulheres, que elas possam ter a chance de escolher de verdade o que querem sem serem enganadas por profissionais da saúde. bjs

Related Posts with Thumbnails