domingo, 4 de dezembro de 2011

Truques para fazer seu filho comer melhor

Olá Pessoas

Faz algum tempo que estou pensando em escrever sobre o assunto porque sei que várias mães passam pelo mesmo sufoco que eu. Bom, o assunto hoje é para mães de crianças com inapetência ou que comem muito pouco e tem preguiça de experimentar os alimentos.

Esse assunto é velho aqui em casa, já falei aqui e aqui sobre ele e sobre o desespero de um filho que não come. Francisco é saudável, está dentro da linha normal de crescimento e segundo o médico tem uma saúde de ferro. Mesmo assim eu sempre me desespero na hora das refeições quando ele simplesmente recusa experimentar a comida ou come simplesmente duas garfadas e só. Pensando nisso cheguei até a consultar a nutricionista da antiga escola para conseguir algumas dicas afim de que ele comesse melhor.

Mas nada como a nossa experiência de mãe no dia a dia para saber o que fazer quando nosso filho não come. Depois de diversas tentativas para que ele provasse determinados tipos de alimentos, me conformei que ainda não é o momento para isso. Restou-me então recorrer a alguns truques para que sua alimentação fosse um pouco mais rica e que ele tivesse contato com mais alimentos nutritivos.

Se deixar por conta do pequeno ele vive de bolacha e doce, claro! Mas bem sabemos que não dá pra uma criança em fase de crescimento se alimentar só disso. Pensando nisso encontrei algumas alternativas para que ele comesse um pouco melhor.

Sanduíche do Nemo: será que funciona?




Truques tirados da cartola de mãe:


Como mães às vezes temos que inventar alguns personagens para educar nossos filhotes em diversas situações. Podemos ser professoras, enfermeiras e tantas outras atividades. Às vezes temos que nos desdobrar afim de educar nossos pequenos da melhor maneira.

Até tentei o truque de transformar os alimentos em bichinhos: fiz joaninhas com tomate cereja, florzinha com brócolis e couve flor e outras coisas do tipo mas o Chico achava tudo lindo e não colocava na boca! :(
Foi perda de tempo (e olha que dá trabalho e leva tempo).

Por aqui eu adquiri uma habilidade diferente. Para que ele experimente alguns tipos de alimentos sem fazer careta tive que me transformar em mágica! Isso mesmo! No caso a mágica mãe aqui tem que camuflar os alimentos que ele não prova nas comidas que ele adora. Parece simples mas não é. Enganar uma criança pode ser bem complicado.

{e aqui eu abro um parênteses porque pode parecer forte o lance de "enganar nossos filhos", mas tem horas que isso é necessário para a saúde deles. Digamos que seja uma enganação saudável, para o bem deles}

Então que eu tive a ideia de camuflar alguns legumes no feijão, por exemplo. Ele adora feijão e eu comecei a cozinhar o mesmo recheado de verduras: batata, cenoura, abobrinha, mandioquinha, etc.). Foi a maneira que encontrei dele comer um pouco de verduras. Abaixo vou descrever um pouco as minhas invenções, espero que ajude você também.

Legumes e Verduras no feijão: 
- A receita é simples: Faça o feijão da maneira que está acostumada, mas acrescente meia cenoura em rodelas, uma batata, uma folha couve picadinha, um pedaço pequeno de beterraba (cuidado com a beterraba porque ela solta muito gosto e a criança pode notar). Cozinhe da maneira habitual. Quando for servir para a criança, amasse as verduras. Pronto!! Ela vai ingerir verduras e legumes sem perceber. Mas atenção: Não coloque muitos legumes de uma vez para que a criança não note diferença no sabor do feijão. O que deve prevaler aqui é o feijão.

Sopa de Feijão com Verduras e Legumes: Faço uma variação de sopa de feijão com verduras também, sempre lembrando de amassar e esconder as verduras para que a criança não peça pra retirar. O Francisco adoooora sopa de feijão com macarrão, então comecei a acrescentar as verduras para que fique um pouco mais vitaminado. Ele nem sente a diferença e come tudo.

Sopa de Letrinhas com Verduras e Legumes: o Chico adora sopa de letrinhas, pra não ficar uma sopa ralinha só com batatas eu faço um sopão com todas as verduras e legumes que eu tenha em casa e coloco o macarrão de letrinhas. Depois de cozinhar na panela de pressão para que as verduras fiquem bem molinhas, eu as amasso na sopa. Ele come feliz da vida brincando de encontrar as letrinhas.

Bolinho de Arroz incrementado: esse foi um achado, o Chico adora bolinho de arroz, então inventei de deixá-lo mais incrementado com queijo e tomate. Já tentei usar outros itens mas ele rejeita, então ficamos só com o queijo ralado e o tomate. Basta acrescentar esses ingredientes ao bolinho que você faz normalmente. Pronto. Claro que o bolinho é fritura, então não é tão saudável. Mas se você fizer uma massa mais durinha dá pra colocar no forno sem problemas.

Macarrão à bolonhesa com legumes: Essa invenção eu fiz há pouco tempo, tinha medo de acrescentar algum legume e alterar o sabor. Francisco adora macarrão com molho bolonhesa (de carne moída) então aproveitei que ele gosta e acrescentei meia cenoura ralada e um pedaço bem pequeno de beterraba. (volto a lembrar pra ter cuidado com a beterraba, ela tem um gosto muito acentuado e a criança pode perceber). O bom é que o molho com beterraba fica bem vermelhinho, o Chico adorou. Vou passar uma receita de molho bolonhesa bem rápida e que fica muito saboroso, o Chico come o prato cheio quando faço.

Macarrão à bolonhesa com Legumes:
- 500gr de carne moída de primeira;
- 1 cebola pequena;
- 2 dentes pequenos de alho;
- 1 colher de margarina;
- meia cenoura ralada;
- um pedaço pequeno de beterraba ralada;
- 2 tomates sem pele e sem sementes picados;
- 1 lata de molho de tomate pronto (se preferir faça o seu próprio molho de tomate);.
- tempero à gosto;
- 1 pacote de Spaguetti;
- queijo ralado.

Modo de Fazer:
Comece refogando a cebola na margarina, quando estiver bem dourada acrescente o alho já picado, deixe fritar um pouco. Acrescente a carne moída e tempere com sal e tempero à gosto (eu uso orégano, molho inglês, mostarda e catchup). Refogue a carne um pouco até dourar. Acrescente um pouco de água se necessário para que não grude no fundo da panela. Depois de bem refogada a carne acrescente a cenoura, a beterraba e o tomate, refogue um pouco. Depois acrescente o molho de tomate e deixe apurar com a panela destampada. Mexa de vez em quando. Se achar que o molho está muito grosso acrescente um pouco de água e deixe ferver para pegar o gosto.
Cozinhe o macarrão numa panela separada com um fio de azeite e sal.
Pronto. Sirva em seguida com queijo ralado.

O Francisco adora e nem nota que tem cenoura e beterraba. Se preferir pode bater a cenoura, a beterraba e o tomate no liquidificador, mas dizem que perde um pouco as vitaminas, eu prefiro colocar ralado mesmo.

O mais importante é aproveitarmos o gosto da criança para fazermos as misturas e incrementar um pouco mais aquele alimento. Essas foram as alternativas que eu consegui aqui em casa para que ele comesse um pouco de legumes e verduras. Pode ser que na sua casa não funcione, você vai ter que testar. É só uma dica de uma mãe que sofre na prática o desespero de um filho que não come quase nada.

Eu falo só da alimentação salgada porque o Francisco aceita bem todos os tipos de frutas, então não temos problemas quanto a isso. Se seu filho não gosta muito de frutas a ideia é investir em sucos e bolos que contenham um pouco de frutas que ele não come normalmente.

E é importante observar se seu filho não tem alergia à determinado tipo de alimento.Faça as misturas com cuidado: primeiro teste um tipo, depois outro. Espere uns dias pra ver a reação no organismo dele. Tem crianças que reagem em até dois dias aos alimentos, então aguarde e observe se ele não teve algum tipo de reação até oferecer novamente. Assim você poderá saber exatamente qual alimento causou alergia, assadura ou qualquer reação diferente no seu filho. E se ele teve alguma reação leve imediatamente ao pediatra e explique que introduziu um alimento diferente.

Observando com cuidado essas dicas e truques espero que você consiga também que seu filho se alimente melhor.
Se você tem alguma receita desse tipo que funcionou com seu filho, compartilhe conosco. Lembre-se que muitas mães podem estar passando pelo mesmo que nós.

Espero que o post tenha ajudado.
E se gostaram comentem, participem, divulguem!

Eu adoro saber o que vocês estão achando dos meus posts.

Bjinhos
Ale
;o)

5 comentários:

Vanessa Karla disse...

Ale, como sempre super legal suas dicas. O Léo come bem e ainda não pede pra tirar as verduras, mas uma coisa que sempre faço, é cozinhar as verduras e fazer o arroz com a água do cozimento, assim já ingerimos mais vitaminas.
Bjss Vá, Léo e Gu

Ivana - coisademae disse...

ale, essas dicas são super importantes e acho também que "camuflar" os alimentos é super válido, com certeza é um método mais eficaz do que criar desenhos nos pratos (isso aqui em casa nunca funcionou,rsrsrsss).

parabéns!!

bjos!

Thaty disse...

As dicas são ótimas! Mas eu realmente cansei de ficar horas camuflando mil coisas, um tempo que eu realmente não tenho. Se a receita é fácil, faço sem medo, mas se é complicada deixo logo pra lá e tenho duas opções: faço uma que eu sei que ele gosta e come tudo, ou faço e obrigo a comer tudo. Depende do meu humor no dia...rs

Beijos
Tati

Mãe de três disse...

Gostei muito do seu post, embora ak em casa não tenha dificuldades com alimentação conheço muitas mães que tem , eu fiz um post sobre isso dia 05/12 olha que coisa se quiser dar uma olhadinha o link é http://maedahora.blogspot.com/2011/12/rotina-na-hora-de-comer.html, são só umas dicas, bjks

Deh Gebran disse...

Muito boa a dica!! Também uso dessa estratégia aqui em casa... outra dica é o purê de batata com abobrinha... fica bom demais... passa no meu blog e pega a receita que vou postar daqui a pouco... simplesmente-mamae.blogspot.com ! bjo

Related Posts with Thumbnails